Ações


O Projeto "Ações de desenvolvimento para produtores agropecuários e pescadores do território do entorno da Barragem de Sobradinho-BA" começou a ser executado no ano de 2005. Até o seu término no ano de 2013, pretende beneficiar, direta e indiretamente, mais de 9.000 agricultores, numa região que soma 18.171 estabelecimentos agropecuários.

Embrapa Semiárido e a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) são as instituições responsáveis pela execução de atividades que têm o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável de comunidades rurais situadas no entorno do lago formado pela barragem de Sobradinho, no rio São Francisco.

Com uma equipe técnica multidisciplinar, o projeto terá grande parte das suas atividades realizada em Unidades Produtivas de agricultores familiares, localizadas em áreas dependentes de chuvas, irrigadas e de vazantes nas comunidades rurais dos municípios de Sobradinho, Casa Nova, Remanso, Sento Sé e Pilão Arcado. 

Além disso, acontecerão capacitações e treinamentos com o fim de promover a adoção de inovações pelos agricultores nos cultivos agrícolas mais importantes na região, a exemplo  de  hortaliças, fruteiras, abelhas, caprinos, ovinos, bovinos, peixes, etc. Estes eventos também vão estar focados na agregação de valor à produção leiteira, processamento de frutas, de carnes e de peixes,  e de mel.

Os pesquisadores e técnicos irão se empenhar no incremento da produtividade, na redução dos custos de produção e na melhoria da qualidade de vida dos agricultores e de suas famílias.

O projeto em execução está dividido em 14 planos de ação:

1. Gestão e Coordenação do Projeto
Feita por um Coordenador e um sub-Coordenador mas que tem forte apoio da equipe técnica multidisciplinar da Embrapa. Em cada município, está instalado um escritório que possui um profissional contratado e tem a função de executar as atividades do projeto no âmbito dos municípios. 
Coordenação: Rebert Coelho Correia
Fone: (87) 3866-3790 - email: rebert.correia@embrapa.br



2. Campos de Aprendizagem Tecnológica de Hortaliças: Melão, Melancia e Cebola 
Os sistemas de produção necessitam de uma modernização dos aspectos técnicos, quanto ao uso de variedades/híbridos adaptados, fertirrigação, espaçamentos adequados, uso de agrotóxicos e sistemas de irrigação, permitindo o manejo racional de água, minimizando a contaminação dos mananciais de água por produtos químicos que, além de contaminar o solo e a água, causam também, problemas de saúde nos produtores e consumidores. Como resultado, espera-se maior produtividade, com redução de custos e, consequentemente, maior retorno financeiro aos produtores. 
Coordenação: Nivaldo Duarte Costa
Fone: (87) 3866-3642 - email: nivaldo.duarte@embrapa.br



3. Implantação de CATs e Treinamentos aos Produtores Ribeirinhos nos Municípios de Remanso, Pilão Arcado e Sento Sé - Bahia.
Este plano visa integrar e fortalecer estudos ambientais para a preservação da vegetação ciliar, recuperação de áreas degradadas, florestamento, reflorestamento e sistemas agrossilviculturais, encaminhados ao Programa de Revitalização da Bacia do Rio São Francisco (Ministério do Meio Ambiente-Núcleo de Apoio à Pesquisa), e contribuir com a preservação ambiental das zonas ripárias dos municípios de Pilão Arcado, Sento Sé e Remanso, no Estado da Bahia.
Coordenação: Tony Jarbas Ferreira Cunha
Fone: (87) 3866-3777 - email: tony.cunha@embrapa.br 

 

4. Indicadores de Desenvolvimento Sustentável para Cinco Municípios que Margeiam o Lago de Sobradinho - BA
A construção do Lago de Sobradinho – BA remodelou a paisagem e o ambiente de parte da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. A partir deste cenário, as atividades deste plano de ação visam melhorar e manter a qualidade da água e do solo por meio do monitoramento sistemático para identificação de indicadores de sustentabilidade, do uso de práticas conservacionistas e da conscientização ambiental da população em geral, com ênfase nas escolas de ensino fundamental e médio e produtores rurais.
Coordenação: Alessandra Monteiro S. Mendes
Fone: (87) 3866-3652 - email: alessandra.mendes@embrapa.br

 

5. CATs de Forrageiras e do Manejo da Caatinga para Incrementar a Atividade Bovino, Ovino e Caprinocultura
Considerando a importância que tem a atividade para a economia da região, o projeto busca reordenar e fortalecer o atual processo de transferência de tecnologias para criadores de bovinos, caprinos e ovinos, por meio da inovação dos espaços de experimentação científica com o envolvimento de comunidades/assentamentos rurais, pesquisadores e produtores na geração de técnicas e conhecimentos contextualizados nas demandas dos sistemas de produção pecuária das propriedades de base familiar.
Coordenação: José Nilton Moreira
Fone: (87) 3866-3683 - email: jose.moreira@embrapa.br 


6. Produção Animal - Leite
O produtor de leite do Semiárido ainda fica muito exposto aos problemas consequentes do período de seca, principalmente quando esta é prolongada. Nos sistemas de produção do Semiárido, onde a bovinocultura leiteira está presente, predomina a ordenha manual realizada uma única vez no dia, no período da manhã. O fato de ser ordenha manual não quer dizer que não possa ser feita de forma higiênica. Portanto, o objetivo deste plano é reduzir a dependência de insumos externos e melhorar a qualidade do leite nos sistemas de produção praticados pelos pecuaristas do território do Lago de Sobradinho.
Coordenação: José Luiz de Sá
Fone: (79) 4009-1354 - email: jose-luiz.sa@embrapa.br



7. Reestruturação da Pesca e Piscicultura
Os municípios da região do entorno do lago Sobradinho sempre tiveram como parte da sua cultura a pesca exploratória de pescados do rio São Francisco. A ação antrópica ao longo de anos tornou escassa várias espécies de peixe, embora a cultura alimentar do pescado, bem como da atividade de pesca permanecem até os dias de hoje. O plano tem como objetivo desenvolver e fortalecer a piscicultura e a pesca artesanal a partir da exploração e produção de peixes em tanques-rede, da melhoria da qualidade e da agregação de valores aos produtos obtidos. a fim de promover a melhoria da renda das comunidades de pescadores.
Coordenação: Rodolfo Cavalcante DomarcoFone: (74) 3538-2864 - email: rodomarco@yahoo.com


8. Desenvolvimento de uma Fruticultura de Sequeiro para o Fortalecimento da Agricultura de Base Familiar
O plano tem como objetivo validar e difundir tecnologias e conhecimentos envolvendo produtos potencialmente promissores como umbu e maracujá-do-mato. Com isso, busca-se a diversificação de atividades agrícolas para aumentar a renda das famílias, e se valoriza os produtos regionais e desperta  a sociedade para a importância da preservação ambiental. Para isso, serão implantadas áreas-piloto com espécies frutíferas de ocorrência natural no Semiárido, utilizando estratégias mais eficientes para a incorporação rápida desses conhecimentos ao sistema produtivo.
Coordenação: Francisco Pinheiro de Araújo
Fone: (87) 3866-3683 - email: pinheiro.araujo@embrapa.br 



9. Apicultura e Meliponicultura para a Região do Entorno da Barragem de Sobradinho.
A apicultura tem crescido no Nordeste brasileiro e está se tornando um negócio lucrativo em diversas regiões do semiárido. A meliponicultura também ganha espaço, principalmente entre os agricultores familiares, como uma atividade complementar de incremento de renda. Este plano pretende promover entre apicultores e meliponicultores o conhecimento contextualizado de demandas dos sistemas de produção. O objetivo é contribuir para um desenvolvimento da cadeia produtiva de mel  na região e sua viabilização como atividade sustentável.
Coordenação: Eva Mônica Sarmento da Silva
Fone: (87) 2101-4842 - email: eva.silva@univasf.edu.br



10. Sistemas de Produção Diversificados Baseados em Cultivos Alimentares (Milho, Feijão-caupi, Mandioca etc.) 
O feijão-caupi, mandioca e milho são produtos importantes do sistema alimentar da região Nordeste do Brasil e apresentam, no geral, escassez de oferta, por causa das baixas produtividades. O plano prevê a implantação CATs para validar e difundir os sistemas produtivos com feijão-caupi, milho e mandioca, com alto valor comercial e culinário, adaptadas às condições de sequeiro e em sistema produtivo agroecológico no entorno do lago de Sobradinho.
Coordenação: Welinton Neves Brandão
Fone: (75) 3263-2528 - email: welinton.brandao@embrapa.br

 

11. Cadeia Produtiva do Mel
A produção de mel é uma atividade que tem importância para a renda da população dos municípios do entorno da barragem de Sobradinho. O plano constará de um estudo da cadeia produtiva para subsidiar as intervenções na área. O objetivo é gerar referências socioeconômicas e organizacionais, para precisar os espaços de valorização e competitividade do mel em cinco municípios da Bahia, junto ao mercado.
Coordenação: José Lincoln Pinheiro Araújo
Fone: (87) 3866-3745 - email: lincoln.araujo@embrapa.br 


12. Cadeia Produtiva da Caprino-ovinocultura
Para responder aos desafios produtivos dessa importante atividade econômica vai ser realizado um estudo da cadeia produtiva da caprino/ovinocultura nos cinco municípios da área de abrangência do projeto. O objetivo é gerar referências socioeconômicas e organizacionais a fim de estruturar um instrumental capaz de fornecer informações básicas do sistema para a tomada de decisão de agentes públicos e privados, no intuito de favorecer a sustentabilidade do agronegócio da caprino/ovinocultura na área do projeto.
Coordenação: Pedro Carlos Gama da Silva
Fone: (87) 3866-3662 - email: pedro.gama@embrapa.br 



13. Cadeia Produtiva do Surubim e Outros Pescados
Aqui também está proposta a realização de um estudo da cadeia produtiva para subsidiar as intervenções na área. Este será um passo para a estruturação de um instrumental capaz de fornecer informações básicas do sistema para a tomada de decisão de agentes públicos e privados. Ele permite um melhor planejamento da pesquisa e das ações privadas, em sintonia com os anseios da sociedade. A produção de surubim e de outros pescados é uma atividade relevante para a região. 
Coordenação: Rebert Coelho Correia
Fone: (87) 3866-3790 - email: rebert.correia@embrapa.br 



14. Cursos sobre Beneficiamento de Carne, Leite, Mandioca e Frutas.
Este Plano destina-se a capacitar o pequeno agricultor e/ou familiares que desejam agregar valor a sua produção agropecuária. Serão transmitidos conhecimentos teóricos e práticos de fabricação de produtos de qualidade a partir das matérias primas (leite, carne caprina, ovina, peixes, mandioca e frutas). 
Coordenação: José Barbosa dos Anjos
Fone: (87) 3866-3682 - email: jose-barbosa.anjos@embrapa.br